Finalmente Berserk ganha uma nova série depois de anos! E será que toda essa espera vai valer a pena? Vamos descobrir.

Depois de uma trilogia de filmes animados lançados entre 2012 e 2013, recontando o mesmo arco da série de 1997, Berserk, que teve o seu mangá lançado em 1989 e é publicado até hoje de uma maneira não tão regular, voltou a ter uma série de TV. Então agora dia 1 de julho o primeiro episódio foi ao ar, e como não tem muita coisa a se falar vou ser breve!

A animação que segue a linha dos últimos filmes, mistura animação clássica com computação gráfica, e diferente dos filmes, onde o orçamento deve ter sido bem maior, a qualidade das cenas de CGI são bem fracas, quebrando bastante o clima e perdendo os detalhes que o mestre Kentaro Miura traz no mangá. O que nos faz sentir saudades da excelente animação da série de 1997!

Não consigo ver a incrível arte do Miura representada nessa animação

A história do primeiro episódio é levemente diferente do mangá, ela pula todo o arco inicial do Espadachim Negro onde Guts (nosso protagonista) reencontra seu antigo amigo e agora o vilão da série Griffith, e pula diretamente para a saga da “Inquisição”, no mangá entre esses dois arcos temos o flashback da Era de Ouro, que já tinha sido retratada no anime clássico e nos filmes atuais.

Então vale ou não a pena?
Ainda é cedo para falar da qualidade do novo anime, mas já podemos adiantar que se você é um fã do espadachim mais sinistro da “Dark Fantasy”, essa nova série de Berserk é obrigatória! Finalmente poderemos ver a incrível jornada de Guts nas telas, e esperamos que essa iniciativa ajude o Kentaro a dar prosseguimento ao mangá.

Já quem nunca leu/assistiu recomendo começar pela animação clássica e ler o mangá, para se tornar um fã (impossível assistir a série de 97 ou ler o mangá e não virar fã da obra), e assim poder aproveitar essa nova jornada!

Animação de 2016 vs 1997

Animação de 2016 vs 1997