Todo fã de Star Wars clama desde o final do Episódio III por um filme do General Kenobi, com o sucesso gigantesco de “Rogue One – Uma História Star Wars” e a produção do filme de um jovem Han Solo, as possibilidades para uma história do mestre de Anakin praticamente se tornam mais reais.

Neste mês de Abril entre os dias 13 e 16, ocorrerá a Star Wars Celebration, provavelmente teremos a divulgação do primeiro teaser do Episódio VIII “Os Últimos Jedi”, mas outro anúncio também tem deixado os fãs ansiosos, a revalação de mais um filme spin-off desse universo, seria finalmente, o tão aguardo filme de Obi Wan Kenobi?

Como nós nerds, adoramos especular e afinal, é a única coisa que podemos fazer que tal falarmos sobre quais histórias que já foram apresentadas no universo expandido de Star Wars, poderiam servir como guias para um possível filme do Obi Wan Kenobi?

The Cestus Deception

O livro escrito por Steven Barnes em 2004, mostra o lado diplomático do Jedi. Nessa história, Obi Wan é enviado até Ord Cestus um planeta onde estão sendo fabricados droids especializados em assassinar Jedi. E a bizarrice não para por aí, além de serem fortes o suficiente para matar um Jedi, eles possuem certas habilidades com a força. Kenobi deve unir forças com os habitantes de Cestus e impedir que os separatistas fiquem com os droids.

Esse embate entre droids que utilizam a força e matam jedi, por si só já vale um filme, poderíamos ser ensinados mais sobre os caminhos da força e ver o lado “diplomata armado” de Obi Wan que nos renderiam belas cenas de lutas. Mesmo sendo considerada uma história pesada e arrastada, seria interessante ver Obi atuando ao lado de outro Jedi que não seja Anakin, nessa história ele luta ao lado de Kit Fisto.

A relação deles é algo ímpar dentro da aventura, rendendo belos momentos estratégicos e táticos. Como no livro existem bastante batalhas, seria difícil que a maioria acontecessem no filme, mas a luta contra os droids em Cestus, essa sim seria linda de ver.

Porém, por se passar em um momento não muito interessante da história do personagem, dificilmente essa aventura envolvendo Conde Dooku, os separatistas, período das Guerras Clônicas, seria escolhida para ser o background de um spin-off do universo Star Wars.

The Journals of Ben Kenobi

As histórias de Star Wars mostradas pela Marvel em suas HQs sempre cumpriram muito bem o papel de “expansionistas”, se nenhuma história canônica nos mostra detalhadamente o passado de Obi Wan, as páginas de  “The Journals of Ben Kenobi” tenta nos entregar isso.

Tudo o que acontece nesse pequeno arco de histórias, são relatos deixados para Luke, em um antigo caderno caso o velho Ben acabasse morrendo, o que acabou ocorrendo no Episódio IV

É bem legal de ver que a história não é focada em ensinar ao Luke os caminhos da força ou lições de vida, mas é um belo fan service para quem tem curiosidade de saber o que fez e com quem esteve, Obi Wan, durante seu exílio em Tatooine.

Kenobi

Essa história é a preferida dos fãs para ser adaptada em um filme sobre Obi Wan, em “Kenobi” escrito por John Jackson Miller e publicado pela Editora Aleph, vemos o mestre Jedi logo após o inicio do seu auto – exílio em Tatooine.

Após os terríveis acontecimentos que deram fim à República, coube ao grande mestre Jedi Obi-Wan Kenobi a missão de proteger aquele que pode ser a última esperança da resistência ao Império. Vivendo entre fazendeiros no remoto e desértico planeta Tatooine, nos confins da galáxia, o que Obi-Wan mais deseja é manter-se no completo anonimato e, para isso, evita o contato com os moradores do local.

No entanto, todos esses esforços podem ser em vão quando o “Ben Maluco”, como o cavaleiro passa a ser conhecido, se vê envolvido na luta pela sobrevivência dos habitantes de um oásis esquecido no meio do deserto e em seu conflito contra o perigoso Povo da Areia.

O interessante dessa história e que seria o principal atrativo do filme, é de poder ver um Ben que carrega consigo o sentimento de culpa por ter falhado com Anakin decidindo se manter longe de tudo e todos, para proteger aquele que julga agora, ser o verdadeiro escolhido. Mas para alguém acostumado a ser cercado por vários Jedi, participando de missões na Galáxia, a solidão se torna o maior fardo de Obi Wan, que mesmo com o seu treinamento, meditação para ajudá-lo a se livrar das mágoas, se vê sozinho e derrotado, afinal ele é humano e ninguém é uma ilha.

About The Author

Erivan Oliveira

Seguidor do Ubuntu, leitor de Hqs, sai durante a noite vestindo uma capa para bater em bandido.