Shadowhunters é baseada em uma aclamada saga da autora Cassandra Clare, chamada “Os Instrumentos Mortais”. Após uma tentativa de filme homônimo, a Freeform, (emissora que pertence ao grupo ABC), adquiriu os direitos da obra, tendo sua primeira temporada lançada em 12 de janeiro de 2016.

Netflix e Shadowhunters

Em dezembro de 2015, a Locadora Vermelha adquiriu os direitos mundiais para exibição da série, menos nos Estados Unidos (onde a série é transmitida pela emissora original). Dessa forma, um dia após o lançamento de cada episódio pela Freeform, o conteúdo está disponível na Netflix. Mesmo contendo o nome Original Netflix a série não tem a produção da Locadora Vermelha, ela funciona como uma espécie de parceria, e isso foi o que rendeu uma maior visibilidade na primeira temporada da série que deixou um pouco a desejar em alguns quesitos.

Primeira Temporada

Diferentemente do filme, a série tem mais elementos em comum com o primeiro livro ( Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos). Já o elenco, comparado ao do filme, deixa a desejar, e em questão de atuação também. Temos atores jovens e com poucos trabalhos anteriores, sendo protagonistas de uma série com uma base de fãs enorme, o que gera uma enorme desconfiança.

O Enredo da primeira temporada é bem fraco, com plots mal explorados onde tudo é entregue de mão beijada ao telespectador, sem deixar aquele clima de suspense, fazendo com que o final dos episódios não prenda quem estiver assistindo, diminuindo as chances do interesse de fazer uma maratona, por exemplo. Mas não é por isso que a série é ruim. Apesar dos atores não serem excelentes e alguns serem bem fracos (Clary), os personagens conseguem ter um pouco de carisma fazendo com que você se apegue a eles.

Não é uma série difícil de se assistir e é excelente para você que acabou de terminar uma série densa como Game Of Thrones, Breaking Bad, séries que te prendem ao máximo. Apesar de não ter alcançado um índice alto como o esperado de público, Shadowhunters foi renovado para a segunda temporada.

Segunda Temporada

Não há como negar que houve uma drástica melhora da primeira para a segunda temporada de Shadowhunters. As atuações estão mais convincentes, os efeitos especiais melhorara. A trama está se desenvolvendo e tomando um clima mais denso, mas sem perder o clichê. Cronologicamente ela está acompanhando com algumas diferenças os acontecimentos do segundo livro (Os Instrumentos Mortais: Cidade das Cinzas). A série foi renovada para a terceira temporada onde tecnicamente devem acontecer os fatos ocorridos no terceiro livro da saga (Instrumentos Mortais: Cidade de Vidro).

Ela cumpre o que propõe

A série em nenhum momento tem a proposta de ser complexa, com a classificação indicativa de 12 anos, ela possui um orçamento baixo para um estilo de fantasia, onde muitos elementos dependem de bons efeitos especiais, um dos piores problemas da série. As cenas de luta também são fracas, principalmente na primeira temporada, mostrando claramente que são totalmente coreografadas. Isso é um dos motivos que muitas pessoas não conseguem assistir a série, só que muitos fãs estão satisfeitos com a série, tanto que a audiência aumentou e próximo ao fim da segunda temporada a Freeform já anunciou a renovação para a terceira temporada.

Se você gosta de clichê, triângulo amoroso, fantasia, um episódio fácil de se assistir e entender e gosta de dar chances para novos atores, Shadowhunters é a série perfeita pra você. Então quando você não souber o que assistir ou estiver na bad porque sua série favorita terminou, assista Shadowhunters. Todos os episódios estão disponíveis no serviço de stream da Netflix.

About The Author

Victor Bugallo

Sacerdote do Deus Afogado nascido nas Ilhas de Ferro, descendente de Odin, aluno da Corvinal e filho de Darth Vader.

  • Bruna Costa

    Muito interessante essa prespetiva!