A série Stranger Things virou um fenômeno. Com personagens cativantes, uma trama cheia de mistérios, e muitas, MUITAS referências a cultura pop dos anos 80, entre elas o RPG!

E nesse post não irei fazer uma crítica da série (se quiser ler uma temos aqui), mas irei apresentar um dos principais conceitos que ela traz, o Demogorgon!

Referencia Histórica

O nome Demogorgon tem raízes gregas, Daemon (Espirito) ou Demos (Pessoas) + Gorgon (Severo), e data do século 4 em escrituras de monges católicos. De lá até aqui já apareceu em diversas obras literárias, como “A trágica história do Doutor Fausto” até em “Moby Dick”.

Primeira aparição em Dungeons & Dragons

Tendo sua primeira aparição no terceiro suplemento para a caixa original de Dungeon & Dragons, Demogorgon, o Príncipe dos Demônios foi apresentado junto com Orcus, como sendo os primeiros lordes demônios do jogo, com o intuito de serem os desafios definitivos para os jogadores.

Tido como o “supremo” entre os demônios, a criatura foi o primeiro Demônio a surgir. Com o corpo reptiliano, tentáculos no lugar dos braços e duas cabeças de babuínos, o ser juntamente com seu rival Orcus são considerados os mais poderosos demônios da mitologia do D&D

Um pouco de “Lore”

Para entender um pouco mais do Demogorgon e seus objetivos devemos conhecer um pouco mais do mundo que o cerca. Na mitologia do D&D os Demônios (Tanar’ri) travam uma batalha sem fim com os Diabos (Baatezu), pois cada um representa um aspecto diferente do “mau”, os primeiros são caóticos e maus e representam o caos e a destruição, os segundos são leais e maus, representando a corrupção, o domínio do mais forte sobre o mais fraco e a tirania em geral.

Olha o bicho vindo mlk

Olha o bicho vindo mlk

Os Demônios ocupam o plano de existência conhecido como “O Abismo“, um mundo formado por infinitas camadas, cada uma com um aspecto diferente da outra, com seus próprios demônios, reinos, lordes e tudo mais.

Demogorgon mantém o seu reino na 88º camada, chamada de Gaping Maw. Apesar de ser descrito como infinitas camadas, os maiores magos estipulam que o total seja 666!

Principais Histórias

Com quase 40 anos de mitologia no D&D, o Príncipe dos Demônios tem uma bela quantidade de histórias, porém uma das mais memoráveis foi “Bastião das Almas Perdidas“. A ultima aventura de uma saga que trazia o grande dragão vermelho Ashardalon como principal inimigo, e que no final contou com uma participação do demônio.

As duas cabeças de Demogorgon (Aameul e Hethadriah) tem personalidades diferentes e nessa aventura uma delas começa a tramar contra a outra sobre influencia de outro lorde demônio, Dagon.

Aameul pensa que se matar Ashardalon, um poderoso dragão que tem o coração de um demônio no peito, e absorver sua alma poderá sobreviver a destruição da outra cabeça, Hethadriah. Para matar o dragão, ele precisa do sangue de um dos aventureiros do grupo de jogadores. Então começa uma caçada, os agentes de Aamaeul tentando derrotar o grupo enquanto os agentes da outra cabeça Hethadriah ajudam os jogadores

Esse é o Dragão boladão que ele queria matar

Esse é o Dragão boladão que ele queria matar

Mudanças ao longo do tempo

Na 3ª edição, o Book of Vile Darkness, um suplemento que trazia as criaturas mais nefastas para a mesa de jogo, o autor Monte Cook fez uma releitura do monstrengo, o retratou com duas cabeças de hienas e foi altamente criticados pelos fãs, tendo que pedir desculpas logo em seguida.

Que respeito essa criatura bota?

Com a reformulação do D&D na 4ª edição o “Príncipe dos Demônios” se tornou um Primordial, uma força da natureza que na aurora dos tempos combateu os deuses, porém essa releitura foi por agua a baixo agora na recente 5ª edição, onde voltou a ter o título de Lord Demônio!

BÔNUS!

O Demogorgon é o inimigo mais forte no game Baldurs Gate 2, você pode enfrenta-lo no Watcher’s Keep, mas o desafio é grande!

Esse cara derrotou o bicho com apenas 1 personagem na dificuldade EXTREMA!!

 

Então é isso meu povo! Agora todo mundo sabe o passado dessa criatura antes de virar um astro da série do Netflix! Com certeza falou muita coisa sobre monstro, então completem aqui nos comentários. E se quiserem que eu aborde outras relações sobre a série e o RPG, como o “Mundo invertido” (Ou vale das sombras) também deixe ai o seu feedback!

  • Ramon Dantas

    Massa, rapaz! Fiquei de pesquisar sobre esse bicho e acabei esquecendo. Fico no aguardo do arquivo confidencial daquele outro bicho que aparece na sessão de RPG do último ep.