o-orfanato-da-srta-peregrine-para-criancas-peculiares

Tudo está à espera para ser descoberto em O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares, um romance inesquecível que mistura ficção e fotografia em uma experiência de leitura emocionante.

Nossa história começa com uma horrível tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares.

Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo – por mais impossível que pareça – ainda podem estar vivas.

Uma fantasia arrepiante, ilustrada com assombrosas fotografias de época, O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares vai deliciar adultos, adolescentes e qualquer um que goste de aventuras sombrias._ Como disse o próprio Tim Burton “vocês tem certeza de que não fui eu quem escreveu esse livro ? Me parece algo que eu teria feito…”

sem-titulo-1

E conhecendo o Burton, não podemos esperar nada dentro da normalidade nessa obra intitulada: O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares.

 Ransom Riggs (escritor do Orfanato) era um colecionador de fotografias, e a princípio, seu livro seria apenas uma amostra de varias imagens coletadas por ele, mas após escutar o conselho de um conhecido editor, Ransom decidiu usar as imagens como um guia para sua história.

E o resultado disso é que O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares foi eleita uma das 100 obras mais importantes da literatura de todos os tempos. Intercalando entre a narrativa de Jacob, as imagens servem como um auxílio para imergir o leitor na historia, fazendo com que o mesmo se sinta digamos que… peculiar, me perdoem o trocadilho.

12794933_10153990535708633_7541704689111919124_o-1

A escrita de Ransom Riggs já se mostra diferente nas primeiras páginas do livro, com uma narrativa em primeira pessoa, diferente da tradicional narração em terceira pessoa, mostra que Ransom queria fazer algo único e diferente de tudo que já foi feito.

Ele utiliza do sobrenatural e da estranheza a seu favor (algo típico do Tim Burton, como ele mesmo disse) fazendo com que o famoso estilo de saga do herói tenha atrativos diferentes, e que funcionam de forma cativante para os leitores, e conta com uma gama de personagens incríveis, cada um a sua maneira.

orfanato3

O Orfanato tem uma ótima aprovação entre os críticos especializados e milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, além de ser traduzido para mais de 40 idiomas.

A primeira versão do livro O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares foi publicada LeYa, mas as continuações Cidade dos Etéreos e Biblioteca das Almas, tiveram os direitos adquiridos pela editora Intrínseca, que vai publicar também o primeiro livro da trilogia, após ter comprado os direitos da LeYa, além do lançamento de Contos Peculiares.

“Mesmo sem as fotos, esta seria uma história emocionante, mas as imagens dão um irresistível toque de mistério. A narração em primeira pessoa é autêntica, engraçada e comovente.” – Rick Riordan sobre o Orfanato.

image2

Os direitos do filme foram vendidos para a 20th Century Fox, e Jane Goldman foi contratada para adaptar a história como um roteiro.

Tim Burton foi a escolha perfeita para ser o diretor do filme. Asa Butterfield interpreta Jacob Portman e Eva Green interpreta a Srta. Peregrine. O filme será lançado dia 29 de setembro de 2016 no Brasil.