Midnight é uma cidadezinha peculiar, em algum lugar da estrada, com aquele aspecto de velho oeste, mas nos dias de hoje. Entretanto, parece que há muito mais que simplicidade. É justamente isso que encobre Midnight, e seus segredo exóticos.

Um lugarzinho onde todos os seus moradores se conhecem e parecem viver em uma espécie de cumplicidade, uma vez que todos se identifiquem por alguma afeição, seja o histórico que os levaram até lá, seja sobre quem verdadeiramente são. Midnight parece uma espécie de refúgio – ou fortaleza – para eles.

De início, somos apresentados a Manfred, uma espécie de médium que por horas se passa de charlatão, quando na verdade ele tem um dom, e usa quando lhe convém. As coisas já estão interessantes com isso, mas ficam ainda mais quando um vampiro aparece. Calma aí, Lemuel Bridger não é um vampiro qualquer, é um vampiro de energia. Fugindo do clichê de Hollywood, e partindo para algo mais mitológico ou lendário, um vampiro de energia – como o próprio termo sugere – se alimenta da energia das pessoas. Então ele não suga sangue? Claro que suga, afinal, o sangue é a maior fonte de energia que temos. É muito mais fácil e eficaz sugar energia através do sangue do que por outro meio, que de todo jeito lhe é opcional.

Manfred

Olivia and Lemuel

Também temos a Fiji, uma bruxa que adora gatos, praticamente de Wicca. Uma religião, vertente da bruxaria tradicional.

Ainda há alguns como Bobo, Olivia e Joe, até então nesse primeiro episódio, deixaram-se excitantemente misteriosos.

De certa forma, esses personagens, com esses dons, fazem sentido a partir do momento em que todos eles mexem com algo incomum; energia. E para fomentar a ideia, a wiccana, Fiji diz algo que talvez se passe desapercebido e que é extremamente crucial:

– Bem, Midnight tem uma poderosa energia Mística. O véu entre a vida dos vivos e dos mortos é complicado por aqui.

Pelo que notamos, nessa cidade há uma linha tênue entre o mundo material (dos vivos) e o mundo espiritual (dos mortos), além de toda energia mística que a rege.

Apesar de todas essas informações e especulações, Midnight, Texas tem uma poção deliciosa de elementos inovadores para a série do gênero. Ao mesmo tempo, são elementos delicados de se trabalhar. Pelo jeito que abordaram a série no episódio piloto, parecem que sabem o que estão fazendo, no final.

 

“Midnight… é muito diferente durante o dia.”

 

Série original da NBC.