Depois de muitas desventuras e infortúnios, talvez tenha chegado a triste hora do fim da mais fiel promessa feita sobre sangue pela família. O fim do sempre e para sempre.

[Spoiler]

Hollow parece ser a vilã mais forte que os Mikaelsons já enfrentaram dura toda sua eternidade, e realmente, as sequelas que as batalhas  que esse inimigo trouxera foram tão destrutivas, que mexeram com relacionamento entre eles. A experiência de Hayley Marshall com o interior – ou o lado monstro – de Elijah a deixaram importunada, por vários motivos, decepção, medo, mas principalmente pelo maior motivo da sua vida: Hope.

Klaus and Hope

Houve uma mudança no Elijah, ele se tornou mais obscuro. Talvez magoado consigo mesmo, por ser verdadeiramente quem é, e pelas escolhas que fez.

Aconteceram coisas boas também, como a própria Hollow trazer a Davina Claire de volta à vida – definitivamente convenhamos que depois de tanto azar, o pobre do Kol merecia, não? Na verdade, ambos mereciam!

Mas aí vem a parte mais sombria de toda história da série. Quando o bruxo Vincent Griffith entra em cena e diz: Se a gente seguir esse caminho, será o fim da sua família. Será o fim do para todo sempre.

Vincent, Elijah and Freya

É terrível, mas está acontecendo. O feitiço foi feito, a família separada. Sobretudo, ainda havia esperança, até o momento em que Elijah pede para Marcel Gerard hipnotiza-lo a esquecer de tudo. É a partir daí que começamos a entender de fato toda a situação. É o fim.

Elijah não desistiu. Elijah nunca desiste, e é por isso mesmo, por todo esse amor e pelo voto que ele teme estragar tudo. Ver a cena dele tocando piano e não reconhecendo seu irmão quando lhe deixa uma boa gorjeta, simplesmente agradecendo sem entender tal generosidade, aquilo foi de cortar o coração.

 

Conclusão

Kol finalmente terá o acolhimento da família? Parece que ele e Klaus conseguiram chegar a um entendimento razoável. Mas, se tudo acabar bem, como será a convivência entre Klaus e Davina? O que nos leva a refletir também sobre Marcel e Rebekah, aparentemente já o romance proibido agora não parece um grande problema para Niklaus.

Freya

Claro, claro, Freya! Quem não está esperando que a Freya esteja estudando incansavelmente, metida nos grimórios da mãe ou qualquer outra fonte para encontrar uma outra solução, e para o “felizes para sempre”? Afinal, ninguém quer ver a bruxinha mais poderosa de New Orleans (ou do mundo) crescer sem o pai, Klaus Mikaelson. Muito menos ver a família original de vampiros ser separada eternamente.

Bem, nem todos! Pode parecer cruel, mas é merecido. Porquê demônios deveriam ter finais felizes? Poderiam até ter, mas antes vem o acerto de contas. Os Mikaelsons por gerações vieram destruindo tudo o que tocaram. Esse finalmente seria o melhor The End para a série. Essa seria a redenção dos Mikaelsons. É até poético se puder ver deste lado.

Contudo, é muito improvável que termine assim. Não precisaríamos mais de uma temporada inteira para os ajustes finais. E enfim terão novamente os monstros seus votos de sempre e para sempre? De uma coisa sabemos:

– Vocês, Mikaelsons sempre conseguem o que querem.