Fomos pegos de surpresa com o anúncio da Netflix que, após o cancelamento, Sense8 ganhará um episódio de 2 horas para ter um “final”.

Não poderia acabar assim

Sense8, série da Netflix, é cancelada

Em seguida, tivemos uma carta de Lana Wachowski (criadora da série) divulgada, onde ela fala sobre como foi difícil pra ela o cancelamento da série, que tanto a produção como os atores estavam chateados e que ela estava abatida, pois a série não tinha o retorno financeiro que a Netflix esperava e a série acabou sendo cancelada. Mas segundo Lana, o carinho dos fãs foi algo que fez com que a série tivesse pelo menos um desfecho nesse episódio de duas horas de duração. No fim da carta Lana diz: saberemos o que acontece com Wolfgang. Isso é uma notícia boa? Sim. Mas até que ponto isso foi apenas por causa do apelo dos fãs ou foi puro marketing?

Marketing ou não, merecíamos!

A notícia do cancelamento de Sense8, no início de junho, pouco depois do lançamento da segunda temporada pegou a todos de surpresa. O que seria da série? Ficaria sem fim para sempre? A Netflix permitirá isso? E os fãs, como ficam? Os debates na web foram intensos, fazendo com que esse assunto fosse top 1 no Twitter. Se isso foi marketing já é um ponto positivo.

Geralmente séries com episódios finais de temporada como foi a de Sense8 causa curiosidade nos fãs, e até quem não é fã e ouviu falar sobre o cancelamento e viu o desespero de algum amigo em saber sobre o final ficou curioso sobre a série. Outro ponto positivo, mas não tão expressivo.

Segundo a divulgação, esse episódio especial de duas horas é para dar um desfecho a série e não deixar os fãs com uma obra incompleta. Mas seguindo pelo lado do marketing e um trecho da carta “só o futuro vai dizer o que será de Sense8”. Caso esse episódio atraia não só os fãs assíduos da série, mas também os curiosos pelo rebuliço causado nas redes sociais, vai ser de grande importância. Dando toda a atenção para que não tenha erros e fazendo de forma com que o expectador fique imerso na série e ela novamente não tenha um fim, abrindo assim espaço para uma terceira temporada já com os “possíveis novos fãs de Sense8”, acabando com o cancelamento da série e trazendo mais lucro para a Locadora Vermelha.