Fala Agentes!!!

Se você está ligado no Mundo dos Quadrinhos aqui no Brasil, Sabe que esse mês a Panini está lançando as Novas Guerras Secretas, Mega Saga super Elogiada pela critica e público, na matéria de hoje vou jogar 5 bons motivos para você ler a nova Mega Saga… Então Vamos lá.

Mas antes uma introdução…

MarvelSecretWars

aug150873Guerras Secretas, o épico orquestrado por Jonathan Hickman e Esad Ribic só tem a impressionar.

Normalmente Crossovers nos quadrinhos funcionam como uma espécie de grande liquidificador, jogando personagens da editora ou emparelhado-os um contra os outros para o entretenimento do público e para gerar lucros, afinal é uma mega jogada, os momentos chocantes projetados para receber os fãs, com uma emoção gerada nos sonhos mais molhados de um nerd, sempre se mostram eficaz.

Crossover, é um cobertor para o já velho e cansado debate “quem ganharia em uma luta”, argumentos e tudo-você pensou-as-sabia-está errado-é-Piada, essas palavras fazem sentido para qualquer fã. Mas no intuito a maior parte dessas jogadas nunca leva a nada, apenas diversão garantida, a não ser quando do nada cai algo no seu colo, e veja bem, um crossover necessário, a DC é mestre nisso, diga olá as Varias Crises

Invincible_Reboot_teaser

ah Image Comics também sabe fazer, Diga olá invencível… e Claro, a Marvel. A casa das idéias foi uma das primeiras a criar um universo coeso e cronologicamente quase perfeito, na famigerada Guerras Secretas original, não era nada cerebral, era divertida e digna, além de ter o famoso gancho para vender bonequinhos, o que foi genial, quem não queria.

Gulliver Secret Wars 01

E por que eu estou dando essa volta, apenas para dizer que as Novas guerras Secretas não são apenas um liquidificador, mas algo que realmente vale sua atenção, não é apenas um crossover do Multiverso Marvel, É UM NOVO CLÁSSICO.

Por que ela funciona tão bem?… Simples!

A Marvel deu uma total liberdade para Jonathan Hickman passar 3 anos cultivando frutos nas HQs dos Vingadores, o roteirista deu conta de dois títulos ao mesmo tempo, criando tramas e destacando personalidades para o que viria a acontecer. Foi algo maduro e intenso, com decisões e ações muito controversas, o universo ficou cada vez mais pesado, visando que Hickman já vinha de um run com o Quarteto Fantástico, que também não foi nada agradável para os personagens.

Avengers_1_Preview001f-730x365

A questão aqui é, Beyonders queriam ver o que aconteceria se uma realidade colapsasse com outra, ultiverso e a terra padrão da Marvel 616, entraram em colisão.

ed8649b65e030d1c86e3a8c575940f18-5-insane-ways-the-marvel-universe-changed-in-secret-wars

Duas terras paralelas vão ser destruídas, cada ser de cada mundo querendo sobreviver, um universo foi para o outro. Temos uma guerra pela sobrevivência que exigiu da moral de ambos os lados, heróis divididos, alguns pensavam em salvar as duas terras, outros queriam destruir uma para salvar outra, no fim tudo foi “destruído/Salvo” pelo Doutor Destino, que mais uma vez garantiu o poder dos Beyonders e aniquilou todos os universos e criou um novo Mundo, o Mundo Bélico. 

secret-wars-1-panel-01-730x411

Alguns heróis e vilões conseguiram escapar por fendas, Reed Richards com a ajuda de sua Filha Valéria, colocou quem podia na balça ou Arca de Nóe, e fugiu para ter uma nova chance, e é aqui que a Saga Começa.

capas_pacote_SecretWar

Aqui vão 5 razões pelas quais você deve ler as Novas Guerras Secretas

1. Esse sim é um Crossover Necessário

A primeira edição – que apresenta os últimos dois universos em uma luta desesperada para sobreviver a destruição – não narra apenas um monte de ação desenfreada entre personagens desesperados para fugir. Em vez disso, Hickman e Ribic tomam o tempo para se aprofundar na fantasia fascinante que é Mundo Bélico, o planeta de retalhos onde “Guerras Secretas” se passa.

9224be70a8d09de5396e7fd4a1bcbcf0

Isto é melhor exemplificado na Edição # 2, uma boa primeira edição, com uma bela poesia sobre a criação – a introdução de leitores para o Novo Mundo onde Victor Von Doom sendo um Deus é muito bem sucedida, ele criou um mundo dividido em Nações de Realidades, o que gera discussões a la Game of Thrones, A introdução de todos os personagens sobreviventes envolvidos, se destaca não apenas pelas motivações boas ou más, personalidades boas podem ser severas, e personalidades más podem ser de grande ajuda.

5-6-Pull-List-Feature-750x375

E claro, tem o lado que todos os fãs adoram que é a interação dos universos, que aqui faz total sentido e é necessário. A relação entre Peter Parker e Miles Morales, ambos Homens-Aranha de universos paralelos, é incrivelmente divertida e acaba deixando um ar de, “é isso que eu preciso”. É um novo mundo que te deixa curioso não pelas batalhas e sim pelas discussões geradas, de quem é, o que e como e porque isso ocorre. Não existem mais vilões e mocinhos… apenas sobreviventes…

2. O Mundo Bélico é brilhante

Enquanto “Guerras Secretas” leva tempo para explicar os comos e os porquês de sua configuração, a forma como o Mundo bélico Funciona é bem engenhosa.
Um planeta de bolso, construído a partir de inumeráveis realidades destruídas que pode ser alterado a qualquer momento, o mundo está dividido em reinos rigidamente policiados, domínios de personagens de outras realidades, que podem gerar as mais diversas surpresas desde Velho Logan a Futuro imperfeito.

DSCN6998

O que isto significa em português? Que qualquer um pode gerar qualquer tipo de história numa mescla de spin-off que serão explorados em tie-ins que a Panini pretende lançar esse ano por aqui, mas no caso esses mundos existem em uma região do mundo Bélico, onde iram se encaixar na grande tapeçaria de “Guerras Secretas” – independentemente de quem é, quem morre, ou o que acontece… é confuso eu sei, mas quando você ler vai fazer total sentido na sua cabeça… Basicamente qualquer personagem criado pode aparecer… Como no caso os Thors de Jason Aaron, Sim Thors (Recomendo que leoam seu Run), é algo que eu posso chamar de brilhante, quase como a ideia de Regenerações em Doctor Who.

Image-87

É um truque comum, porém puro, e isso ajuda os spin-offs que como a saga original também são grandiosos.

3. A arte de Esad Ribic

Esad Ribic é o mestre da grandeza e gravidade, capaz de transmitir o peso e a importância de uma forma que se sente na pela sem esforço. Seu trabalho é tão épico, quanto a saga que você está testemunhando, é um evento raro que deve demorar a acontecer novamente.

scwars2015001-ribic-123748

4.  Dr. Doom é o melhor vilão do Universo Marvel

Jonathan Hickman usa o senso ridículo presente para descrever o personagem, que não é tão mal como os fãs devem saber, Victor sempre e somente, buscou o poder (é a jogada dele) e  tem razão ao fazer isso, vindo de uma origem traumatizante e suja, regrada a satanismo e decisões desesperadas, visando salvar aqueles que amava, Victor se tornou profundamente convicto de que está destinado a governar, a ser superior. Ele acredita friamente que é simplesmente melhor do que todos os outros, e que vai mesmo salvar o mundo, passando todo o arco tentando se provar merecedor de seus novos poderes, já que agora ele é um Deus.

doom-hed

Como eu disse não é apenas “batalha por batalha”, não é sobrevivencia somente fisíca, e sim mental, questionamentos e conversas com bons diálogos, aquela rixa entre Doom e Richards em um debate lindo e poético, sobre, dois Homens que tiveram suas vidas desgraçadas por coisas maiores que eles… Victor Von Doom é o Centro de nossa história… um Deus tão humano.

 

5. O que acontece quando heróis perdem

No Mundo Bélico de “Guerras Secretas” o Doutor Destino é Deus. Isso porque Victor fez o que os heróis não tiveram coragem de fazer, ou não poderiam – salvou algumas realidades. O planeta compartilha familiaridades com seu Criador.

Secret-Wars-8

Doom é também um ser cheio de maldade com particularidades bondosas. Ele é criador de um mundo à sua imagem. Mais do que tudo, um mundo definido por tragédias – um homem quebrado, cheio de cicatrizes, e agora ele é realmente poderoso, com uma armadura para esconder sua desfiguração e aterrorizar aqueles que o afrontaram. Da mesma forma, o Mundo Bélico é um planeta quebrado, um remanescente de cicatrizes da existência, é um planeta que busca ser uma fortaleza assim como Doom, que no intuito de Hickman, é um vitorioso fracassado, derrotou tudo e a todos mas ainda não passa de uma ruína poderosa, cheia de futuros errados com alguns sobreviventes que procuram uma solução, é um análogo do que é Victor Von Doom.

1466417309083878800

“Você pode se chamar de Herói quando você salva o Mundo por motivos mesquinhos… A resposta vira de quem você salvou.”

Vemos todos os heróis que sobraram enfrentando dilemas com a chegada de habitantes de outros mundos, a dicotomia, a relação entre eles, alguns com suas contra partes, o próprio Reed do Ultiverso que agora se denomina o Criador, um super vilão que tentou destruir várias vezes a sua realidade.

Um mundo onde ganhar uma batalha não dignifica nada, apenas mudar o pensamento é valido, o ato de discutir com “Deus” é algo bem explorado por Hickman. E a Arte de Ribic dá o toque perfeito de serenidade com bons momentos de grandeza, essa são as novas Guerras Scretas…

Secret-Wars-2-Spoilers-7-e1431530354987

E agora é a chance para você leitor,  ir ao Mundo Bélico… A panini está lançando essa que ao lado de Multiversity pode ser umas das melhores Mega Sagas do Século 21, então se prepare para aconpanhar na integra um dos maiores e melhores eventos que a Marvel pode proporcionar…

image0016

Guerras Secretas já está a venda em uma Banca perto de Você…